Eron vai esnobar Niko e circular com Amarilys em festa




Nos próximos capítulos de "Amor à vida", Eron (Marcello Antony) vai esnobar Niko (Thiago Fragoso) no casamento de Paloma (Paolla Oliveira). Cada vez mais próximo de Amarilys (Danielle Winits), ele achará melhor circular com a médica para agradar César (Antonio Fagundes) e deixará o marido triste.

Paloma convidará a amiga para ser madrinha ao lado de Eron. Amarilys achará que apenas o advogado irá à festa, mas terá uma surpresa ao ver Niko todo arrumado.

- Ah, você também vai, Niko? - perguntará ela.

- Claro. Eu conheço a Paloma. E, se o Eron vai, eu também vou. Por quê? Você não quer que eu vá, Amarilys? - questionará o empresário.

A médica disfarçará e dirá que apenas pensou na reação de César. Ela ainda afirmará que tem medo de o advogado ser prejudicado por causa do preconceito do presidente do San Magno.

- Eu acho difícil. O doutor Atílio (Luis Melo) foi preso, o Félix (Mateus Solano), demitido. O doutor César não tem mais ninguém em quem confiar - lembrará Eron, que pedirá para o marido acompanhá-lo sem problemas.

Amarilys não dará o braço a torcer e aconselhará o dono do restaurante a não deixar clara sua relação com Eron durante o evento. Diante da insistência, o advogado acabará concordando e Niko prometerá disfarçar. A médica, então, sorrirá, vitoriosa.

Depois da cerimônia, César cumprimentará o casal e elogiará a beleza dos dois no altar. Niko verá a cena de longe e, quando Eron e Amarilys se aproximarem, aproveitará para mostrar sua indignação:

- Vocês já fizeram o seu teatrinho? Lado a lado, como se fossem namorados.

A médica argumentará que só estava dando apoio à carreira de Eron. O advogado pedirá ao marido que agradeça a ela.

- Eu estou me sentindo excluído, Eron. Nunca pensei que você ia ficar me evitando numa festa! Quero que você saiba de uma coisa, Águia: eu nunca me senti tão mal na minha vida - reclamará Niko, deixando a dupla constrangida.